Baixa potência

 

Reduzir o consumo de energia mantendo o desempenho!

A Atmel® foca em baixa potência há mais de dez anos em todo o seu portfólio de microcontroladores e microprocessadores integrados baseados em AVR® e Atmel® ǀ SMART ARM®. Muitos periféricos integrados e técnicas de projetos são utilizadas para minimizar o consumo de energia em aplicações do mundo real, incluindo:

  • DMA e sistema de eventos em hardwares integrados para liberar a CPU nos modos ativo e hibernação
  • Desligamento ou redução do clock ou da alimentação em partes do dispositivo que não estão sendo utilizadas
  • Periféricos inteligentes SleepWalking™ que permitem que a CPU permaneça em modo de hibernação profunda por mais tempo
  • Ativação rápida (wakeup) nos modos de baixa potência
  • Operações em baixa tensão com funcionalidade completa
  • Balanceamento cuidadoso do alto desempenho e transistores com baixa corrente de fuga no projeto do MCU

Com a tecnologia Atmel picoPower®, encontrada nos microcontroladores Atmel AVR e Atmel® ǀ SMART, estamos um passo à frente. Abaixo, você pode saber mais sobre a tecnologia picoPower e aprender como usá-la através de exemplos de projetos de alto nível e aplicações mais complexas com exemplos de códigos. Você também pode baixar seminários via Web gravados ou inscrever-se para um seminário prático sobre picoPower. Siga em frente - mergulhe fundo.

 

Tecnologia picoPower®

Todos os dispositivos picoPower são desenvolvidos desde o início para obterem o menor consumo de energia possível, desde o projeto do transistor e geometria do processo, modos de suspensão, opções de clock flexíveis, a periféricos inteligentes. Os dispositivos Atmel picoPower podem operar em até 1,62V mantendo toda a funcionalidade, incluindo funções analógicas. Eles têm baixo tempo de despertar (wakeup), com várias fontes de despertar, mesmo nos modos de espera mais longos.

Alguns elementos da tecnologia picoPower não podem ser diretamente manipulados pelo usuário, mas formam uma base sólida que permite o desenvolvimento de aplicativos com consumo ultrabaixo de energia sem comprometer sua funcionalidade. Em nível de usuário, recursos e periféricos potentes e flexíveis permitem aplicar uma ampla variedade de técnicas para reduzir ainda mais o consumo total de energia do sistema. Leia mais

 

Exemplos de projetos

A tecnologia picoPower é fácil de usar. Em nível de usuário, existem técnicas básicas e avançadas que reduzirão ainda mais o consumo de energia da sua aplicação. Através de exemplos em vídeos de projetos de alto nível e aplicações complexas com exemplos de códigos, mostraremos como isso deve ser feito. Leia mais

 

Atmel® ǀ SMART SAM L21

O Atmel® ǀ SMART SAM L21, além de melhorar o desempenho de um núcleo ARM® Cortex®-M0+, consome apenas um terço da energia se comparado com os produtos disponíveis no mercado atualmente. Este MCU fornece potência ultrabaixa chegando em até 35µA/MHz no modo ativo, consumindo menos que 900nA com retenção completa da RAM de 32Kb. Com ativações rápidas, sistema de eventos, SleepWalking e periféricos picoPower inovadores, o SAM L21 é ideal para dispositivos portáteis e operados por bateria em uma variedade de aplicações da Internet das Coisas (IoT).



 

Atmel® ǀ SMART SAM L22

The Atmel® ǀ SMART SAM L22 inclui um LCD por segmentos (SLCD) para controlar até 320 segmentos. Esse MCU apresenta potência ultrabaixa chegando abaixo de 39 µA/MHz em modo ativo, consumindo apenas 490 nA com RTC em modo-backup. Com ativações rápidas, sistema de eventos, SleepWalking e periféricos picoPower inovadores, o SAM L22 é ideal para dispositivos portáteis e operados por bateria em aplicações de LCD por segmentos.

 

tinyAVR de 0,7V®

Um microcontrolador típico requer pelo menos 1,8V para operar, enquanto que a tensão de uma única célula de bateria varia entre 1,2V a 1,5V quando totalmente carregada, depois caindo gradualmente abaixo de 1V durante o uso, ainda contendo uma quantidade de carga razoável. Isso significa que um microcontrolador comum precisa de pelo menos duas células de bateria.

A Atmel solucionou esse problema integrando um conversor de impulso dentro do ATtiny43U, convertendo uma tensão CC para um nível mais alto e fechando a lacuna entre a tensão de alimentação mínima do microcontrolador e as tensões de saída típicas de uma bateria padrão de célula única. O conversor de impulso fornece ao microcontrolador uma tensão de alimentação fixa de 3,0V com uma única célula de bateria, mesmo quando a tensão da bateria cai para 0,7V.

battery_600x300 (1).jpg

Isso permite que baterias não recarregáveis sejam drenadas ao seu nível mínimo, ampliando sua vida útil. Níveis de desligamento programáveis, acima do nível de tensão mínima crítica, evitam danificar a célula da bateria em baterias recarregáveis.


Para mais informações sobre como usar o tinyAVR® de 0,7V, consulte as seguintes notas sobre aplicações: